Schlagwort-Archive: bloqueada

BANCO DO BRASIL – INSTALAÇÃO DO MÓDULO DE SEGURANÇA – COMEÇO DA DESGRAÇA – SENHA BLOQUEADA (C434-000) OU BLOQUEIO CÓDIGO (G806-831)

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR MEU POST ANTERIOR: BANCO DO BRASIL PRIMA PELO MAU (PÉSSIMO)ATENDIMENTO AOS CLIENTES…



Atenção!!! Se você consultou esta página em virtude de problemas com sua senha usando o Google Chrome, saiba: O MÓDULO DE SEGURANÇA DO BB NÃO FUNCIONA NO CHROME!!!

BANCO DO BRASIL JÁ ERA!!! DEPOIS DA INSTALAÇÃO DESTA MERDA DE MÓDULO DE SEGURANÇA, QUE BLOQUEOU MINHA SENHA DE ACESSO, NADA MAIS FUNCIONA! AGORA O BANCO DE BOSTA QUER ME OBRIGAR A FORMATAR O MEU COMPUTADOR!!! CONSELHO: FECHE SUA CONTA E PROCURE OUTRO BANCO!!!!

 

MINHA MENSAGEM AO SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor do BB – (enviada em 8 formulários separados)

 

Prezados senhores,

Gostaria de esclarecer-lhes detalhadamente o que se passou comigo. Já abri uma ocorrência e obtive uma resposta vaga e insatisfatória.

Vou tentar fazer um resumo dos fatos, e para isto precisarei muito mais do que os 1540 caracteres que posso incluir em cada formulário. Vamos lá.

Em primeiro lugar, gostaria de esclarecer-lhes que meu nome é VERA RODRIGUES-RATH e não VERA AZEVEDO RODRIGUES. Eu compareci pessoalmente à agência Centro SP, numa de minhas últimas viagens ao Brasil, creio que em 2005, quando apresentei-lhes minha documentação de casada e, posteriormente, viúva.

Quanto à vossa resposta, eu poderia dizer que não precisaria ter escrito ao SAC para obtê-la. Bastaria consultar o GOOGLE. Ou mesmo a página do site do banco, que apesar de confusa, com alguma paciência nos permite a obtenção de tais informações.

De tudo o que os senhores me escreveram, apenas estas sentenças fazem algum sentido:

(…) V.Sa. poderá:

a) dirigir-se a uma agência do BB mais próxima; ou

b) solicitar a um representante que efetue a operação desejada em sua agência de relacionamento no Brasil, observando que este deve possuir procuração com firma reconhecida em cartório para realização de tal procedimento.

O fato de eu ter alegado que moro a 10.000 quilômetros de distância da agência do BB mais próxima excluiria a alternativa A, evidentemente.

Também não foi levado em consideração que eu havia escrito que meu procurador não reside em São Paulo, ocupando um cargo de alta responsabilidade na PETROBRÁS; também parece que aos senhores não tem lá muita importância… isto é problema do cliente, não é problema do Banco. Um ato humanitário??? Seria esperar demais da instituição, na qual passei 13 preciosos anos de minha vida, procurando sempre dar o melhor de mim aos funcionários que me procuravam… quanto tempo perdido!

OK, mas estas respostas que estou tendo a uma situação absurda que vivo serão de conhecimento público, uma vez que sou conhecida pelo google e certamente haverei de repassar todas as informações aqui obtidas para que todos possam ter conhecimento.

[TRECHO CENSURADO POR QUESTÕES DE PRIVACIDADE]

Mas agora vou ao assunto:

Meu irmão contatou a agência dele, em (NOME DA CIDADE), e foi-lhe informado que minha senha não poderia ser desbloqueada, uma vez que consta um tal código „U“, que significaria que houve tentativa externa de invasão de minha conta… aqui sim que eu não sei se rio ou choro… PERDI TOTALMENTE A CONFIANÇA NO SISTEMA DO BANCO DO BRASIL!!!

No dia 03 DE JULHO DE 2010, aproximadamente às 15h15min do horário local (que corresponderiam a umas 10:15 no Brasil), eu acessei a minha conta através de meu novo netbook, uma vez que havia tido um problema com o computador que uso mais, meu desktop (eu possuo, meus senhores, 7 computadores em minha residência… sendo que utilizo normalmente apenas 4 computadores).

Ou seja, eu tentei acessar o Banco do Brasil pelo navegador CHROME, e estranhamente recebi a mensagem de que a senha digitada continha mais de 8 caracteres… mas eu havia digitado corretamente! No entanto, fiquei meio assustada com o facto (agora sei que o sistema do BB não está preparado para o google Chrome, lamentável!!!!!) e por via das dúvidas fui ao meu micro do lado (um deles), pois imaginei até que meu teclado pudesse estar com algum defeito (absurdo, mas… eu não conseguia entender a mensagem de erro).

mensagem de erro no chrome

MENSAGEM QUE OS USUÁRIOS RECEBEM AO ACESSAR O GOOGLE CHROME: senha de auto-atendimento: Conteúdo deve ter no máximo 8 caracteres

Pois é, às 10:32 do Brasil (15h32 daqui), eu acessei a URL https://seg.bb.com.br/DiagnósticoBB.exe e tive que instalar arquivos EXECUTÁVEIS no meu netbook… confesso que estranhei muito, tenho TODOS OS PRINTS SCREENS, mas aquilo parecia-me mais coisa de phishing… no entanto, consultando o google, vi que outras pessoas haviam instalado os mesmos arquivos.

1executavel_diagnosticobb
Instalação do módulo de segurança no INTERNET EXPLORER 8.0 (figura 1): Deseja executar ou salvar este arquivo? Nome: diagnósticoBB.exe – levei um susto ao ver um arquivo executável para ser instalado, mas mesmo assim instalei…

2bb_instalacao_browser_defense

Instalação do módulo de segurança no INTERNET EXPLORER 8.0 (figura 2): Deseja executar o software? Nome: Browser Defense Fornecedor: Banco do Brasil

Pois bem…

COMEÇOU A DESGRAÇA!

Eu usei então um navegador que não aprecio, o Internet Explorer, consegui acessar normalmente, OK, mas… quando fui fazer uma experiência para checar se estava tudo em ordem e transferir 5,00 Reais simbólicos para meu irmão (NOME DO MEU IRMÃO), uma surpresa!!! Rebebi a mensagem de que minha transação seria submetida a análise, pois eu a estava realizando daquele computador… MEU COMPUTADOR!!!

Achei muito esquisito mesmo, e pensei… meu deus, porque não posso mais cadastrar meus computadores como antes????? Por que tiraram o confortável e seguro teclado virtual e instalaram esta duvidosa solução de segurança no meu computador, que inclusive invade a minha privacidade?

Resolvi voltar ao computador que uso mais amiúde e fazer a transação por lá mesmo. Instalei então o tal dispositivo de segurança e NÃO TIVE PROBLEMA ALGUM em transferir os 5,00 Reais ao meu irmão.

Eu poderia ter transferido 2.000,00 Reais, teria sido uma boa idéia, para que ele fizesse pela conta dele as transferências que preciso fazer agora e estou impossibilitada… mas não, dei-me por satisfeita com os 5 Reais, aproveitei para atualizar o meu cadastro e achei que estava tudo bem!

Engano meu… ledo engano!

Dez dias depois, no dia 13.07.2010, por volta das 11:30 a 11:40 no Brasil (16:30 a 16:40 aqui), fui acessar minha conta pelo micro mais usado, e depois de digitar a senha, numa primeira tela recebi a mensagem… „erro de comunicação“, algo assim. Na segunda tela, veio a mensagem SENHA BLOQUEADA. REcebi por um momento a seguinte mensagem…

 

SENHA BLOQUEADA. COMPAREÇA AGÊNCIA
(G806-831)
PARA SABER COMO DESBLOQUEAR SUA SENHA DO
AUTO-ATENDIMENTO, CLIQUE AQUI

E depois uma outra mensagem, mais procurada pelo google agora nos meus sites:

 PROBLEMA NA EXECUÇÃO DE SUA SOLICITAÇÃO
SENHA BLOQUEADA (C434-000)
PARA SABER COMO DESBLOQUEAR SUA SENHA DO
AUTO-ATENDIMENTO, CLIQUE AQUI

 

Pois bem… agora eu sei que minha senha foi INDEVIDAMENTE BLOQUEADA, pois eu não digitei em nenhum momento 3 vezes errado, eu não fiquei 90 dias sem utilizá-la e nem pedi o seu bloqueio na agência.

Minha senha foi bloqueada por uma „arbitrariedade“ do inquestionável „sistema“… que por algum motivo, cismou que eu estava querendo invadir a minha própria conta, por ter usado meu netbook que estava ao lado do meu computador desktop!!!!

Eu EXIJO explicações sobre isto. Que segurança vou ter eu agora, residindo na Alemanha, e com um sistema que AO BEL PRAZER poderá bloquear minha conta a qualquer momento??? Como confiar num sistema FALHO, MAL ESTRUTURADO, OBSCURO?????

Então comunico aos prezados ex-colegas… não tenho nenhum acesso à minha conta, posso estar no saldo negativo sem saber, não sei se o inquilino pagou o aluguel ou não, não pude transferir uma quantia para ajudar minha mãe paralítica e gravemente doente, que jaz inerte numa cama alimentada por sondas. OK, este é problema MEU, não é problema do Banco… o cliente que se dane, entendo isto… fazer o que?????

Meu irmão foi informado de que ele teria que comparecer PESSOALMENTE à agência para o desbloqueio da senha. Isto implica FALTAR UM DIA AO TRABALHO, num cargo de alta responsabilidade, e que ele não poderá fazer nas próximas semanas.

Aliás, meu irmão, que é meu procurador com amplos poderes, já se dispôs a tal sacrifício… mas eu disse a ele para não ter pressa, pois agora estou insegura.

Se ele liberar minha senha hoje, e eu for acessar minha conta novamente e esta for arbitrariamente bloqueada, não vou pedir a ele que se desloque novamente! Então pra que liberar a senha??? Pra que manter minha conta neste banco? OK, eu recebo meus irrizórios aluguéis por aí, assim como pago as contas de um de meus dois imóveis no Brasil… só por isto eu mantenho a conta, estou estudando um outro banco quando e SE optar por transferir (…) montantes do HYPOVEREINSBANK para o Brasil… isto se as coisas continuarem como estão.

OK, faço ainda uma tentativa: os senhores ainda podem evitar este desgaste ao meu procurador, e com tudo que explicitei aqui, talvez liberarem o acesso à minha conta? Se for necessário telefonar ao Brasil, eu posso fazê-lo sem problemas, se for necessário mandar um FAX ou mesmo uma carta assinada, posso também enviar. Apenas minha firma ficaria difícil reconhecer aqui, pois eu não moro em Munique e estou doente. Mas ela poderia ser reconhecida no Brasil, não é mesmo?

Por último, duas perguntas: a liberação de minha conta poderia ser feita com cartão em alguma agência? Não acredito que em Frankfurt haja um quiosque de auto-atendimento, e moro a umas 4 horas de trem de lá, além do que a viagem sairia uns no mínimo 120 euros, mas… a liberação poderia ser feita através de um cartão, digitando minha senha e código de letras?

Nas próximas mensagens solicitarei um formulário de procuração para talvez preencher e assinar encaminhando para uma pessoa amiga (CENSURADO PARA PRESERVAR A PESSOA), e que poderá ser minha procuradora para assuntos bancários. Futuramente quero colocá-lo como co-correntista, e sobre isto vou indagar nos próximos e-mails.

Atenciosamente, no aguardo de uma solução razoável,

VERA RODRIGUES-RATH

Ag. 0018-3 conta XXX.XXX-X – São Paulo SP

RG X.XXX.XXX-X, CIC 022.XXX.XXX-XX, data de nascimento 07.06.19XX, nome da mãe Maria Emília de Azevedo Rodrigues, nome do pai Antonio de Mello Rodrigues.

ATENÇÃO! POR FAVOR, ENVIAR A RESPOSTA POR E-MAIL. POR ENGANO NAS PRIMEIRAS MENSAGENS DEIXEI A OPÇÃO TELEFONE MARCADA, POR NÃO TÊ-LA ENXERGADO.

PS: EM HAVENDO UM FAX, PODEREI ENVIAR MINHAS PRÓXIMAS MENSAGENS POR FAX. GOSTARIA DE OBTER O NÚMERO.

—————————————————-

Comprovante
Manifestação registrada no Banco do Brasil.
Número do Protocolo 532XXXX, gerado às 15:03:14 do dia 29/07/2010.

Prazo para posicionamento: 05/08/2010

O Banco se reserva o direito de não responder a anônimos.

———————————————-

TRÊS RESPOSTAS RECEBIDAS DO SAC – SERVIÇO DE (DES) ATENDIMENTO AO CLIENTE – PRIMEIRO DIZEM PARA EU NOMEAR UM PROCURADOR, DEPOIS PARA EU FORMATAR O MEU COMPUTADOR… MAS QUAL DELES??? ESTOU PUTA DA VIDA COM O BB E PENSANDO QUE ATITUDE TOMAR.

SE ESTIVESSE NO BRASIL CANCELARIA MINHA CONTA IMEDIATAMENTE NESTE BANCO DE BOSTA (SIGLA BB), MAS COMO RESIDO NO EXTERIOR PENSO EM PASSAR MINHA CONTA PARA ALGUM PROCURADOR QUE ESTIVER DISPOSTO!

VOU COLOCAR ANÚNCIO NO JORNAL: „PROCURA-SE UM PROCURADOR PARA APROPRIAR-SE DE MINHA CONTA NO BANCO DO BRASIL, UMA VEZ QUE NÃO POSSO MAIS MOVIMENTÁ-LA E ESTOU DE SACO CHEIO DESTA PORCARIA DE BANCO DE BRASIL – BANCO DE BOSTA – QUE EM NOME DE MINHA SEGURANÇA ME IMPEDE DE MOVIMENTAR A MINHA CONTA NO BRASIL. JÁ QUE NÃO POSSO MOVIMENTÁ-LA, E NEM SAIR DESTA BOSTA DE BANCO, NO MOMENTO, ENTÃO VOU DAR MINHA CONTA DE MÃO BEIJADA PRA ALGUÉM…

From: Banco do Brasil
Sent: Wednesday, July 21, 2010 8:21 AM
To: XXXXXXXXyahoo.com.br
Subject: Ouvidoria BB – VERA AZEVEDO RODRIGUES

Ouvidoria BB Brasília (DF), 20 de

julho de 2010 Prezada Sra.

VERA AZEVEDO RODRIGUES,

Registramos sua ocorrência na

Ouvidoria do Banco do Brasil sob o nº XXXX.XXX,
em 18/07/2010, para análise de

sua manifestação acerca de acesso ao

Autoatendimento BB pela Internet (AAPF).

Por questões de segurança,

informamos que para a realização do

desbloqueio da senha de acesso ao

Portal BB na Internet, V.Sa.

poderá: a)dirigir-se a uma agência

do BB mais próxima; ou b)solicitar a

um representante que efetue a operação

desejada em sua agência de

relacionamento no Brasil, observando

que este  deve possuir procuração com

firma reconhecida em cartório para

realização de tal procedimento.

Conforme solicitado, informamos

ainda que a agência 18- São Paulo -SP

dispõe dos seguintes números para

atendimento telefônico : (11) 3491-3992

,  3491-4002,  3491-3997.

Agradecemos por manifestar-se nesta

Ouvidoria do Banco do Brasil, ao tempo

em que permanecemos à disposição de V.S

ª para quaisquer outros esclarecimentos

que se fizerem necessários, por meio

dos seguintes canais: Central de

Atendimento (saldos, extratos, cartões,

pagamentos, transferências, resgates e

outras transações bancárias) – 4004

0001 ou 0800 729 0001 – atendimento

humano, nos dias úteis, das 7h às 22h,

e auto-atendimento, 24h, todos os dias

da semana; SAC – Serviço de

Atendimento ao Consumidor (informações,

dúvida, sugestão, elogio, reclamação,

suspensão ou cancelamento de contratos

e de serviços) – 0800 729 0722, 24h,

todos os dias da semana; Portal BB

www.bb.com.br; Ouvidoria BB, para

situações não solucionadas pelo

atendimento habitual (Agência, SAC etc

) – 0800 729 5678 – em horário

comercial – das 8h às 18h – de 2ª a 6ª

feira, exceto dias não úteis; Para

deficientes auditivos ou de fala – 0800

729 0088. Atenciosamente

HeXXXXã CXXXXXXXno

ChXXXXXe Soares FXXXX Gerente de

Ouvidoria

Analista de Ouvidoria

—–

Ocorrencia Nr.:          XXXXXXX

From: Banco do Brasil
Sent: Tuesday, August 03, 2010 8:23 AM
To: XXXXXXXX@yahoo.com.br
Subject: SAC – Banco do Brasil – VERA AZEVEDO RODRIGUES

Prezada Sra. Vera Azevedo Em atenção à

sua ocorrência de nº XXXXXXX,

registrada em 30/07/2010, esclarecemos

que a senha realmente foi bloqueada por

utilização em diferentes terminais,

situação essa que pode configurar uma

tentativa de invasão. Informamos que é

realmente necessário o comparecimento

da cliente à agência de relacionamento

para desbloqueio da senha, porém como a

senhora não se encontra no país,

poderá enviar um procurador legalmente

constituído (portando procuração feita

em cartório ou consulado a menos de 2

anos) para que seja efetuado o

desbloqueio.Por oportuno,

esclarecemos que a conta em questão não

se encontra devedora nem utilizando o

limite de crédito. Para maiores

informaçoes contatar a agência de

relacionamento pelos telefones (11)

3491-3992 3491-4002 3491-3997 e e-

mail age0018@bb.com.br. Prestadas

estas informações, reafirmamos nosso

compromisso com o melhor atendimento,

permanecendo à disposição de V.Sa. para

quaisquer outros esclarecimentos que se

fizerem necessários, por meio do SAC no

telefone 0800.729.0722. Agradecemos

pela abertura da ocorrência que nos

permite aprimorar continuamente o nosso

atendimento. Atenciosamente, Serviço

de Atendimento ao Consumidor Banco do

Brasil S.A.

—–

Ocorrencia Nr.: XXXXXXX

From: Banco do Brasil
Sent: Saturday, August 07, 2010 8:18 AM
To: XXXXXXXX@yahoo.com.br
Subject: SAC – Banco do Brasil – VERA AZEVEDO RODRIGUES

Prezada Sra. Vera, Em resposta ao

registro XXXXXXX que compilou suas

mensagens enviadas, repassamos as

orientações da nossa gestão de

segurança: A senha foi bloqueada em

03/07/2010 devido a acessos múltiplos à

conta da cliente indicando

comprometimento da segurança da conta

conforme informado à agência de

relacionamento na mesma data.

Recomendamos que a cliente proceda

com a formatação do equipamento

utilizado na data do incidente. Uma vez

que este será descaracterizado como

computador habitual desta e a mesma

encontra-se no exterior impossibilitada

de efetuar cadastro de celular em TAA e

receber SMS de identificação de máquina

Solicitamos que, após acesso à conta

depois da formatação, a cliente

encaminhe nova ocorrência solicitando a

identificação de sua máquina para livre

acesso à conta para que possamos liberá

lo remotamente.Prestadas essas

informações, reafirmamos nosso

compromisso com o melhor atendimento,

permanecendo a disposição de V.Sa. para

quaisquer outros esclarecimentos que se

fizerem necessários, por meio deste SAC

no telefone 0800.729.0722. Atendimento

a deficientes auditivos ou de fala –

0800.729.0088. Ou acesse o portal BB –

bb.com.br. Atenciosamente

Serviço de Atendimento ao

Consumidor Banco do Brasil.

—–

Ocorrencia Nr.:          XXXXXXX

MINHAS RESPOSTAS QUE ENVIEI AO SAC AGORA (08.08.2010, CERCA DE 1:00 – HORÁRIO DA ALEMANHA)

MENSAGEM AO SAC – PARTE 1 /3

Caros,

Recebi 3 respostas diferentes do SAC e não sei qual deve ser levada em consideração.

Em duas dizem para eu nomear um procurador que teria que ir pessoalmente à agência liberar a minha senha. Na última, que até lhes pergunto se foi mesmo enviada pelo BB, me dizem para FORMATAR O MEU COMPUTADOR!!!!! ABSURDO TOTAL, EU JAMAIS FAREI ISTO!!! Eu tenho vários computadores, eu trabalho em rede, não tenho um computador fixo pra fazer transações, e por isto mesmo dei-me ao trabalho de cadastrar sempre os meus micros… e agora, que os senhores instalaram este questionável de módulo de segurança, cadê o menu para eu cadastrar meu computador???

Eu não tenho vírus no micro, EU AFIRMO que quem acessou minha conta no dia 03 de julho fui eu mesma, de dois terminais quase que simultâneamente, uma vez que num deles recebi a resposta de senha inválida no google chrome, sendo que a havia digitado corretamente… eu expliquei TIM-TIM POR TIM-TIM em 8 ocorrências, a saber: 5XXXXXX, 5XXXXXX, 5XXXXXX, 5XXXXXX, 5XXXXXX, 5XXXXXX, 5XXXXXX E 5XXXXXX.

Os senhores leram o que eu escrevi???? Eu detalho todos os horários em que acessei cada computador, as mensagens que recebi em cada um, justamente para que pudessem reavaliar o caso… mas nada!!!!

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 conta XXX.XXX-X

MENSAGEM AO SAC – PARTE 2 /3 (CONTINUANDO)

Agora recebo um novo número de ocorrência, diferente dos comprovantes que tenho (reg. 5XXXXXX ???????) e me questiono: isto é brincadeira??? Como posso saber que é o BB que me escreve, se não usei recebi este número ao enviar a mensagem original?

Alguém se fez passar pelo BB e está querendo me tirar do sério????

Repito: eu mesma INVADI a minha conta em data e horário informados por mim. Eu não uso somente um computador, e agora não posso cadastrá-los (eu sempre cadastrei cada computador antes, mas desta vez nada me foi solicitado).

Se bem compreendi nesta última mensagem, eu teria agora que cadastrar meus micros por celulares, é isto??? Mas eu tenho celular na Alemanha, anotem o número: 0049 160 9XX XXX X9.

No Brasil eu se tivesse, obviamente, não teria como acessar daqui… então as regras do jogo mudaram? Por que não está explicitado no site do BB?

Que fique claro: NÃO VOU FORMATAR MEUS MICROS, NÃO VOU ARCAR COM UM ERRO DO SISTEMA DO BANCO!

Trabalho em rede, meus computadores estão em ordem, um deles possui HD com 1 terabyte de dados preciosíssimos, e não estou à mercê de um sistema que prima pela falta de transparência!

EXIJO UMA CONFRONTAÇÃO DOS DADOS POR MIM JÁ APRESENTADOS COM AQUELES INFORMADOS PELO SISTEMA, OU SEJA… UMA REVISÃO DO HISTÓRICO DO SOFTWARE USADO PELO BB. OU SERÁ QUE O CLIENTE PRECISA ENTRAR NA JUSTIÇA PARA TAL?

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 conta XXX.XXX-X

MENSAGEM AO SAC- PARTE 3 / 3

E afinal, o que é pra fazer? O meu procurador pode liberar o meu acesso, como me foi explicitado em duas mensagens do SAC, ou os senhores estão me IMPONDO que formate o meu micro e tenha um celular no Brasil??????

Se o meu procurador COM AMPLOS PODERES for à agência, o problema vai continuar, é isto? Ou com sua palavra, que vale perante a Lei como minha, o problema poderia ser resolvido amigavelmente?

Eu só não estou encerrando minha conta no BB agora pois não estou aí.[TRECHO RETIRADO PARA PRESERVAR MINHA PRIVACIDADE]

Comunico que minha conta está „ao Deus dará“. Não vou mais movimentá-la, nestas condições. Fica a critério de meu procurador com amplos poderes incluir um co-titular residente em São Paulo, e este aceitar… pois depois de tudo que relatei aos meus conhecidos e que também consta INTEGRALMENTE de meu blog (primeiros lugares no google…), a pessoa que poderia vir a ser co-titular jamais abriria de livre e espontânea vontade uma conta no BB, depois de tomar ciência de minha odisséia!

Haverei de postar minha reclamação em órgão competente, caso não se chegue a uma solução viável.

No aguardo,

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 conta XXX.XXX-X

E JÁ DE MADRUGADA MANDEI MAIS 3 FORMULÁRIOS, PARA QUE FIQUE BEM CLARO, AO MENOS, QUE PODERÃO FAZER JOGO DE PODER COMIGO, MAS NÃO CALAR A MINHA VOZ! VOU POSTAR MINHA RECLAMAÇÃO NO SITE
RECLAME AQUI

 

COMPLEMENTO ÀS MINHAS 3 OCORRÊNCIAS DE HOJE – PARTE 1

No dia 03 DE JULHO DE 2010, aproximadamente entre 15h15min e 10h30min do horário local (que corresponderiam a umas 10:15 e 10h30 no Brasil), eu acessei a minha conta através de dois computadores simultaneamente – o computador 1 e o computador 2, ambos de uma mesma rede wireless, cujo IP imagino que o sistema do banco identifique (ou deveria identificar como IPs de uma mesma rede).

Ou seja, eu tentei acessar o Banco do Brasil pelo navegador CHROME, no computador 1, mas ao receber uma falsa mensagem de senha inválida, deixei o mesmo ligado e fui para o meu micro 2, onde instalei o dispositivo de segurança no Internet Explorer 8.0- e levei um baita susto ao ter que baixar arquivos suspeitos no meu micro – como o DiagnósticoBB.exe. Bem, tentei acessar pelo segundo micro, uma vez que no primeiro havia o problema com a tela do Chrome (ambos ligados). OK… consegui, mas ao tentar fazer um teste e transferir 5,00 para (NOME DA PESSOA), fui avisada de que a transação seria sujeita a análise por estar sendo executada daquele computador. Poxa, mas se não estava cadastrado, por que não recebi ao menos uma mensagem de que deveria cadastrá-lo? Assim como era antes deste maldito dispositivo de segurança – segurança para o Banco, lógico!!!!!

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 CONTA XXX.XXX-X

COMPLEMENTO ÀS OCORRÊNCIAS DE HOJE – PARTE 2

Resolvi então voltar ao computador que uso mais amiúde (computador 1) e fazer a transação por lá mesmo. Instalei então o tal dispositivo de segurança também nele e NÃO TIVE PROBLEMA ALGUM em transferir os 5,00 Reais ao meu irmão. MEU DEUS! Se havia suspeita de que eu estava invadindo a minha conta, porque não bloquearam meu computador 1 ANTES DA TRANSFERÊNCIA??? Bela segurança… eu mesmo tendo recebido o estranho aviso transferi os 5,00 Reais sem problemas… e poderia ter tranferido mais, uns 2.000,00, que acho ser o limite de minha conta para transferências diárias, e me arrependo de não tê-lo feito.

PORTANTO, eu reafirmo: não houve tentativa de invasão externa, o invasor fui eu mesma, que não sabia que não poderia usar os meus computadores livremente, ou ao menos cadastrando-os, como era antes! NÃO RECEBI NENHUM AVISO A RESPEITO, PELO CONTRÁRIO: lembro de ter lido que o cadastro não seria mais necessário.

PORTANTO, O BANCO DO BRASIL ESTÁ AGINDO DE MÁ FÉ COM OS CORRENTISTAS, AO NÃO AVISÁ-LOS DA NECESSIDADE DE CADASTRO DOS COMPUTADORES, MAS AGORA POR VIA CELULAR… agora o Banco obriga os correntistas a terem celular… e coitados daqueles, que como eu, confiaram no Banco e mudaram de país.

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 CONTA XXX.XXX-X

COMPLEMENTO ÀS OCORRÊNCIAS DE HOJE – PARTE 3

Resumo: ainda no aguardo da resposta às minhas 3 ocorrências de hoje e mais uma retificação a uma delas, espero o VEREDITO. E RATIFICO: SOLICITO UMA REVISÃO DO HISTÓRICO DO SISTEMA, comparando o que nele foi detectado com o que relatei aqui.

– meu irmão pode resolver meu acesso no Brasil, sendo ele meu procurador nomeado em cartório com AMPLOS PODERES, procuração esta pública e sem data de validade?

– ou os senhores me apresentariam uma solução alternativa, DESDE QUE EU NÃO SEJA CONSTRANGIDA A FORMATAR O MEU COMPUTADOR, COISA QUE ADIANTO E REPITO: EU NÃO VOU FORMATAR COMPUTADOR ALGUM. POR SINAL, EU USAVA 2 COMPUTADORES NA HORA EM QUE EU INVADI A MINHA PRÓPRIA CONTA!!! MEUS TERMINAIS SÃO EXISTEM EM FUNÇÃO DO MÓDULO DE SEGURANÇA DO BANCO DO BRASIL!

Nota: se nenhuma solução razoável for-me apresentada, minha conta ficará abandonada, sem que eu possa controlá-la de qualquer forma, e não terei mais controle algum sobre o que vier a ocorrer com a mesma. Com isto o BANCO DO BRASIL estará perdendo totalmente a credibilidade que sempre depositei na instituição. Mas antes haverei de postar reclamações em todos os órgãos pertinentes, num dos quais já estou cadastrada e esperando a última palavra de vocês para agir.

Ainda no aguardo de uma solução amigável,

VERA RODRIGUES-RATH AG. 0018-3 CONTA XXX.XXX-X

———————————————————-

Se o que te trouxe aqui foi problemas com a senha no navegador google chrome, acesse o forum de suporte:


CLIQUE AQUI para acessar a ajuda do Chrome: Módulo em Java para digitação de senha não funciona no Chrome – Ajuda do Chrome

Alguns trechos do artigo do forum sobre o Chrome:

„No Banco do Brasil o Chrome não deixa entrar no site após digitação da senha.
A senha está correta, com 8 dígitos, porém a resposta do navegador é „Senha de Auto-Atendimento: Conteúdo deve ter no máximo 8 caracteres.“

(…..)

A „culpa“ não é do Chrome, mas sim dos sites dos bancos que ainda não habilitaram seus sistemas para trabalhar com o Google Chrome!

Isso não é um descaso dos bancos e de outros sites de alta segurança… Eles (esses sites) são cautelosos em usar novos navegadores e por isso não habilitam os mesmos para trabalharem em seus sistemas.

Para o amigo ter uma idéia nem COM O INTERNET EXPLORER 8 (que já é bem conhecido) o „Módulo de Segurança“ do Banco do Brasil funciona, pois nem o IE8 funciona aindano BB de forma perfeita!

EM SUMA: Esse problema não é do Chrome, mas sim dos sites de alta segurança (bancos, Receita, Comércio…).“

 

POR FIM, DEIXO AQUI UNS REFERENCIAIS QUE ENCONTREI NO SITE DO BANCO DO BRASIL. O SITE É UM TANTO CONFUSO, MAS COPIEI AS INFORMAÇÕES REFERENTES AO NOVO SISTEMA E TAMBÉM AOS PROCEDIMENTOS PARA DESBLOQUEIO DA SENHA DE AUTO-ATENDIMENTO

SITE DO BANCO, FAQ SOBRE O TAL MÓDULO DE SEGURANÇA (QUE CHEGOU PRA COMPLICAR NOSSAS VIDAS)

Perguntas Frequentes

1 – Para acessar minha conta no BB pela Internet, eu não informo mais a senha com o uso do mouse. Por que?
R:
O objetivo é tornar ainda mais fácil o acesso à sua conta. Embora o teclado virtual já tenha sido utilizado como um recurso adicional de segurança, atualmente existem mecanismos mais eficientes de controle, que permitem a digitação da senha no próprio teclado e com o mesmo nível de segurança. Por essa razão o BB não usa mais o teclado virtual.
2 – Por que o BB deixou de exigir o cadastramento de computadores para a realização de movimentação financeira?
R:
O BB não deixou de cadastrar os computadores. Com novos recursos de segurança implementados no Módulo de Segurança e no sistema central, foi possível tornar ainda mais simples, seguro e fácil o acesso à sua conta no BB pela Internet, não sendo mais necessária a confirmação do cadastramento do computador em outro canal.
3 – O que é Módulo de Segurança?
R:
É um programa mantido e distribuído pelo BB. Para acessar o Autoatendimento BB pela Internet você deve instalar o Módulo de Segurança em seu computador. Uma vez instalado, ele será atualizado de forma automática sempre que você acessar a Internet.
O Módulo de Segurança é capaz de verificar a existência de programas maliciosos eventualmente instalados no seu computador, evitando, por exemplo, que você seja redirecionado para páginas falsas e protegendo você durante a navegação no Autoatendimento BB pela Internet.
4 – Se eu não preciso mais confirmar o cadastramento do computador em outro canal, o meu acesso à Internet ficou menos seguro?
R:
Não. Para poder adotar essa medida, o BB criou outras regras e ferramentas adicionais de segurança que, juntas, são capazes de manter a confiabilidade do canal e, ao mesmo tempo, permitiram tornar ainda mais fácil o uso do Autoatendimento BB pela Internet.
5 – Quais foram as regras de segurança criadas pelo BB que permitiram dispensar a exigência da liberação do computador em outro canal?
R:
As mudanças foram muitas, mas a maioria delas é transparente para o cliente pois se referem a requisitos de segurança implementados nos sistemas corporativos do BB e no Módulo de Segurança.
Entretanto, pelas regras atuais é possível que algumas transações realizadas pela Internet passem por uma análise prévia de segurança, antes de serem efetivamente processadas. Isso ocorrerá apenas em situações excepcionais e somente nas transações de movimentação financeira (pagamentos, transferências, DOC e TED), caso sejam identificadas situações de risco, como comportamentos diferentes do padrão histórico do cliente.
6 – Se eu efetuar um pagamento ou uma transferência pela Internet, a transação não será mais efetuada no mesmo instante?
R:
Em regra se você fizer um pagamento ou transferência de valores pela Internet, essas operações continuarão sendo efetuadas da mesma forma, ou seja, imediatamente, como sempre ocorreu.
Os sistemas de segurança do BB, porém, permanecerão ativos durante todo o período em que você estiver acessando o Autoatendimento BB pela Internet. Com isso, caso sejam identificadas situações de risco durante a execução de uma transação de pagamento ou transferência, a operação será recebida pelo sistema mas, antes de sua efetivação, será classificada como „em análise“ e passará por procedimentos de avaliação pelo BB. Se confirmada a sua autenticidade, a transação será liberada.
7 – Se efetuar uma operação pela Internet, e ela entrar na situação „em análise“ pelo BB, eu serei informado?
R:
Sim. No momento em que você concluir um pagamento, ou transferência pela Internet, e caso essa operação entre excepcionalmente na situação „em análise“, você receberá uma mensagem contendo todas as informações sobre o procedimento a ser efetuado pelo BB.
Mas lembre-se: isso só ocorrerá em casos especiais e desde que seja detectada alguma situação de risco. Esta é uma medida que visa proteger o cliente BB contra os ataques mais praticados na Internet. É mais segurança para você!
8 – Quais são as situações de risco que podem levar o BB a analisar uma transação realizada pela Internet, antes de sua efetiva liberação?
R:
O sistema do BB está preparado para efetuar uma série de verificações de segurança no momento em que a transação está sendo executada, tais como: se o computador em uso é o mesmo que você costuma utilizar para realizar suas transações, ou se o computador está contaminado por programas maliciosos, conhecidos como „vírus“ ou „trojans“, que capturam informações sigilosas digitadas por você, inclusive senhas.

O QUE CONSTA NO SITE DO BANCO DO BRASIL SOBRE DESBLOQUEIO DE SENHA DE AUTO-ATENDIMENTO

A senha de autoatendimento possui 8 dígitos numéricos e permite a realização de transações bancárias pela Internet e pelo celular. Com esta senha você usufrui a comodidade de tirar saldos e extratos nos canais de Autoatendimento BB pela Internet e Celular.

Para realizar algumas transações (transferências e pagamentos, por exemplo) é necessário informar, também, a senha do cartão (de 6 dígitos).

Como cadastrar sua senha de 8 dígitos para uso na Internet

1 – Senha de 8 dígitos provisória

Pode ser cadastrada no próprio portal bb.com.br, opção “Acesse Agora”. Com a senha de 8 dígitos provisória você poderá acessar sua conta pela Internet e fazer consultas.

Para realizar transações financeiras, você deverá confirmar sua senha de 8 dígitos provisória em um caixa eletrônico BB, transformando-a em definitiva, ou cadastrar uma nova senha de 8 dígitos seguindo os procedimentos descritos abaixo.

2 – Senha de 8 dígitos

Pode ser cadastrada em qualquer agência BB. Você também poderá cadastrar sua senha de 8 dígitos em qualquer caixa eletrônico BB caso tenha cartão com CHIP.

A senha de 8 dígitos permite que você acesse sua conta e realize transações financeiras pela Internet.

Bloqueio e Desbloqueio da senha de auto-atendimento

Por medida de segurança, a senha de auto-atendimento pode ser bloqueada pelos motivos abaixo:

1. Por ter sido digitada incorretamente por três vezes consecutivas.
2. Por não ter sido utilizada por mais de 90 dias.
3. A pedido do cliente em uma agência do BB.

O desbloqueio da senha de autoatendimento pode ser realizado das seguintes formas:

Para os casos 1 e 2: nos Terminais de Autoatendimento („Outras Opções / Acessos e Segurança / 3-Senhas”) ou em qualquer agência.

Obs: Na tentativa de desbloqueio nos Terminais de Autoatendimento, havendo erro de digitação, a senha só poderá ser desbloqueada em uma agência do BB.

Para o caso 3, somente na agência de relacionamento do cliente.

Acima texto retirado das páginas do site www.bb.com.br, copiados sem nenhuma alteração.

cheap shoes