Archiv für den Tag: Dezember 12, 2012

Ensina-me a viver (Harold and Maude) – a consciência de minha finitude me toma de assalto!

 

Outro dia comprei um DVD no Amazon de um filme que havia visto há tempos, e que acredito até ter por aqui, mas por não encontrá-lo facilmente optei por comprar no Amazon.de (ainda não era assinante do Lovefilm.de.

Bem… eu assisti na minha nova TV, a primeira LED que eu tenho, e que está me fascinando… montei aqui na sala um verdadeiro home theater e ao mesmo tempo uma estação de trabalho, e estou adorando. Meu netbook novo, Medion, com 8 megas de RAM, que comprei no Ebay como produto B (por ter sido devolvido ou algo assim) é simplesmente bárbaro… e agora está acoplado com a nova TV-monitor, com o aparelho de video (video player)… bem, estou envolta numa salada de fios, pois conectei tudo o que poderia e não poderia ser conectado… ahahah… até o aparelhinho de som eu também acoplei, e dependendo de eu usar o monitor como reprodutor de video, TV, ou computador, eu ligo a saída do som numa entrada ou outra (TV ou micro)…

… mas não era sobre isto que eu queria escrever… e sim sobre o insight que eu tive…

O ENIGMÁTICO RECADO DO FIDALGO DA TORRE

Numa de nossas últimas conversas por telefone, pouco antes de sua morte, meu amadíssimo amigo Francisco Calbucci (que eu sempre chamava de Francis, depois eu explico o lance do „Fidalgo da Torre“…) disse que tinha algo importante a me dizer… e falou-me para assistir ao filme „Ensina-me a viver“. Bem, eu na época não entendi o enigma que estava por trás de sua sugestão, mas talvez hoje eu compreenda… ou comece a digerir (mais do que isto)…

Para quem não conhece o filme (acredito que 95% dos que lerão isto), trata-se de uma linda história sobre amor, vida e morte. Para os que esperam algo mais de um filme do que apenas „passar o tempo“ e um entretenimento rasteiro, eu recomendo.

Aqui a música do filme… (um trecho no qual ela é cantada)…

E aqui um trailler do mesmo:

E outro trecho…

A DIFICULDADE DE EXPLICAR EM PALAVRAS UM SENTIMENTO INEXPRESSÁVEL

Depois do telefonema de meu amigo, que por viver numa enorme morada com uma torre de dez metros de altura (daí o „fidalgo“), eu pus-me a pensar… mas por que ele me diz pra assistir este filme, se fui justamente eu que havia recomendado a ele? Bem… pois este filme diz muito, talvez seja a essência de tudo que faz sentido pra mim hoje, com a minha idade e nas minhas circunstâncias. Francis era mais velho do que eu, quando nos falamos pela última vez estava com 73 anos, e não chegou a completar 74… uma das pessoas que mais amei nesta vida, ao lado de meu pai e de meu esposo, entre outros entes queridos.

Ele costumava dizer, nos últimos tempos, que encontrava-se na antecâmara da morte… o que poderia causar impacto nas pessoas comuns e que não o conheciam, mas não em mim. Ele tinha esta consciência que agora me toma de assalto… de que não temos muitos anos de vida pela frente. Podemos ter mais ou menos, mas não muito. Depois dos setenta anos de idade, eu creio que esta percepção da finitude pode ser, para os mais sensíveis, algo brutal.

Algo que costumava me dizer também, era que tudo o que eu quisesse fazer de importante nesta vida (mudanças de residência ou de país) que fizesse antes de completar sessenta anos de idade. Francis era um profeta, eu poderia dizer que o considerava de alguma forma meu guru. De todas as pessoas que conheci neste mundo, ele era quem mais me compreendia … não falo apenas de amor Lato Sensu, mas de compreensão dos recônditos de minha alma em suas nuances e minúcias. Mas é lógico que existia também um amor profundo, que ia muito além da atração física e outros sentimentos não tão nobres. Mas este é outro assunto…

MAUDE ENSINA HAROLD A DEGUSTAR A VIDA COM SOFREGUIDÃO, NO ENTANTO ELA TINHA SEUS DIAS CONTADOS.

Harold era um rapaz rico, mimado, com uma mãe dominante e que não conseguia estabelecer vínculos de afetividade com ele… por algum motivo ele se sentia mais atraído pela morte do que pela vida. Tanto que o que mais curtia era simular suicídios, sempre de uma maneira brutal, querendo com isto, de alguma maneira chocar as pessoas e extravasar seus sentimentos de insatisfação para com a vida.

Ops… eu não queria fazer uma sinopse do filme aqui, não… acho que desaprendi a escrever blogs ou nunca soube… ahahahah… estou muito dispersiva…

O que eu queria dizer é que ter assistido a este filme com minha idade atual, e na conjuntura que eu vivo, fez-me refletir sobre a passagem dos anos, a qualidade de vida e outras questões… OK, Maude, que tanta „vida“ transmitia e contagiava seu aprendiz, Harold… ela optou por colocar um fim à sua existência assim que completou seus 80 anos de idade. Num dos trechos do filme ela diz que morrer com 75 anos é um pouco cedo, e com 85 já seria um pouco tarde… daí a data que ela tratou de cumprir.

Na primeira vez em que eu assisti o filme, fiquei triste com o final, e não pude apreender o seu sentido maior – a importância de vivermos com qualidade a vida que temos, sem nos preocuparmos com coisas banais e a opinião dos outros… mais do que isto, viver com paixão, sugar cada momento que se apresenta com sofreguidão.

 E NUMA DAS NOITES PASSADAS, LOGO ANTES DE DORMIR, EU ME DEI CONTA DE QUE MEU TEMPO TAMBÉM ESTÁ CONTADO

Eu nunca antes tinha tido uma consciência tão avassaladora da passagem do tempo. Fiz uns cálculos de um inferno que vivo há 5 anos (pasmem, 5 anos!!!) por causa de um vazamento, ou suposto vazamento… uma outra história. Fui infernizada pela vizinha por 5 anos, entendam… e ela vai continuar tentando me levar à loucura. Sobre isto escreverei depois… é muito importante. Mas… eu refleti… 5 anos de encheção de saco até as raias do absurdo… mais tempo do que os 4 anos que eu tive pra viver com meu amado Stefaninho… já estou na Alemanha há 11 anos, logo completarei 12 (em abril de 2013)… e quantos anos ainda terei de vida?

Adianto que me aproximo dos 60 anos, e isto não é nada fácil de se viver e muito menos de falar (ou escrever). Quantos anos viverei ainda… 10, 20? Se viver uns 20, estarei então com quase oitenta anos (faltando um pouco ainda)… e já estarei bastante velha, inclusive… ou posso morrer antes, quem sabe??? Ninguém sabe!!! E as contas… 5 anos de inferno, acossada por uma vizinha insuportável, por uma criatura que passa só coisas que o povo costuma chamar de „energia negativa“, „maus fluídos“, mas isto é muito místico para uma agnóstica como eu… enfim, as contas… 5 anos! Cerca de 1/4 do tempo que me resta pela frente, se eu viver até os 80 anos de idade… neste tempo todo eu perdi minha paz de espírito, senti-me invadida e desrespeitada no meu direito de privacidade, enfim… (suspiro)… agora ela recomeça o drama… já fez quebrarem meu box do banheiro, já destruiu meu vaso sanitário, fez-me aguentar semanas de uma máquina infernal me atazanando… sem nunca respeitar meu direito constitucional a não ter o meu lar invadido. Enfim… assunto para o próximo ou um dos próximos posts, com imagens da destruição – fotos e videos que eu fiz do que já se passou nesta casa.

E agora? Devo me descabelar de novo, ficar desesperada, reagir? Não!!! Não adianta nada, não vou fazer o que ela quer, não vou entrar no jogo dela… mas… e minha vida? E o resto de tempo que tenho aqui na Terra ainda, como vou poder viver com intensidade, se nem tranquilidade eu posso ter dentro de meu próprio lar? Penso em tudo… penso em ir embora daqui, que seja por um tempo… deixar a casa como está e ir com meus filhotes pra outro canto, numa casa alugada, gastando muita grana… mas quem sabe… vivendo com qualidade este trecho de vida que ainda me aguarda.

Eu agora me conscientizo totalmente de minha  finitude, como um doente terminal que escuta o médico sentenciar sua sobrevida provável. Sinto a partir disto a premência do tempo, e de viver com qualidade o resto de minha vida… com o necessário conforto de que os velhinhos carecem. Sobre isto meu amigo Francis também carinhosamente me alertou.

*****************************************************************

Deixo a música-tema do filme:


Cat Stevens “If You Want To Sing Out, Sing Out” Lyrics

 Well, if you want to sing out, sing out
And if you want to be free, be free
‚cause there’s a million things to be
You know that there are

And if you want to live high, live high
And if you want to live low, live low
‚cause there’s a million ways to go
You know that there are

Chorus:
You can do what you want
The opportunity’s on
And if you can find a new way
You can do it today
You can make it all true
And you can make it undo
You see ah ah ah
Its easy ah ah ah
You only need to know
Well if you want to say yes, say yes
And if you want to say no, say no
‚cause there’s a million ways to go
You know that there are

And if you want to be me, be me
And if you want to be you, be you
‚cause there’s a million things to do
You know that there are

Chorus

Well, if you want to sing out, sing out
And if you want to be free, be free
‚cause there’s a million things to be
You know that there are
You know that there are
You know that there are
You know that there are
You know that there are

Fonte: http://www.lyricsfreak.com/c/cat+stevens/if+you+want+to+sing+out+sing+out_20028104.html

 

Duas tarefas simultâneas: resgatar os velhos posts e adicionar novos!!!

Bom dia, amigos!!! Estou mergulhada num universo novo, adentrando possibilidades sobre as quais não tenho ainda domínio, arriscando, testando… agora estou tentando integrar o Blog WordPress com o Facebook. Nossa, meu, é complicado… ahahahah… mas vamo que vamo.

Este post é somente um teste, pra ver se mudou alguma coisa no lance da integração com o facebook… tenho muito o que escrever, sinto que estou numa fase de insights bárbara… mas sobre isto depois escrevo!

Transcrição de uns comentários que deixei agora no facebook, e que têm a ver com este blogg…

Atualização às 23h16min do dia 12.12.12 (!!!!), inserindo todos os comentários referentes a um post específico.

Transcrição de uns comentários que rolaram hoje, e que são pertinentes a este espaço. Não quero deixar meu conteúdo só pro bobão do Zuckerberg não… ahahahah (bobo nada, ele é super inteligente, iiotas somos nós de produzirmos conteúdo gratuito pra redes sociais…)

I
Vera Rodrigues-Rath
há 22 horas ·
O novo blogg.de, que em breve completará 9 anos de idade… mas mudou de casa, sem perda de qualquer conteúdo, salvos todos os comentários dos visitantes!!! Sheila Yurgel, maninha, aqui é o novo endereço… o google o está encontrando aos poucos ainda. Fábio De Nittis, quero fazer links para seu blog, viu… retomar este espaço legal e sem esta poluição facekutians!!!

 

(link para o blog): Diário da Verinha na Alemanha
blogg.verinha.de
Just another WordPress site
Curtir · · Seguir (desfazer) publicação · Compartilhar
Fábio De Nittis, Cléo Bruschetta, Ines VM e outras 5 pessoas curtiram isso.

 

Sheila Yurgel Bom dia!!! Verokka, ontem de madrugada ( noite mal dormida, cruuuzes) deixei dois comentários no blog…inclusive fiz as continhas, rsrsrsr, mas hoje vejo que eles não estão lá…depois nos falamos, ok?
há 12 horas · Curtir

 

Vera Rodrigues-Rath Vou ver, maninha… eu não sei como fazer com as aprovações, estou aprendendo ainda… precisaria saber se os comentários do Cesar também não aparecem… tenho 16.000 posts para aprovar ou rejeitar, Sheilinha… perdida!
há 11 horas · Curtir

 

Vera Rodrigues-Rath ah, bom dia, querida… tenho tido muitos insights sobre a minha finitude… e quando me dei conta de que não tenho muitos anos de vida pela frente, parece que mexeu com algo dentro de mim. Tem a ver com o filme „Ensina-me a viver“, com vazamentos, etc… vou ver o blogg…
há 11 horas · Curtir · 1

 

Vera Rodrigues-Rath Sheilinha, a configuração do blog é que alguém só poderia postar sem aprovação se eu já tivesse aprovado um comentário antes… como é a primeira vez que escreveu, foi para o spam. Agora eu tirei esta exigência, mas… maninha, cerca de 800 posts, estou tendo que deletar um a um… spam.
há 10 horas · Curtir

 

Rosilda Cordeiro amei seu blog, Vera Rodrigues-Rath!!!
há 10 horas · Curtir (desfazer) · 1

 

Vera Rodrigues-Rath Oi, Rosilda Cordeiro!!! Este blog já vai completar 9 anos, meus sites vão para 13 anos… e quero criar um espaço onde o pessoal possa escrever à vontade mas sem spam. Para o comentário entrar, a pessoa precisa fazer uma continha simples… não sei se isto resolve o problema de spam, estou com 600 comentários pra deletar… beijos!!!
há 10 horas · Curtir · 1

 

Iridê Sos Felinos putz, spam em blog é um saco… uma trabalheira… qdo a Locaweb migrou automaticamente o blog do „blog gratuito“ que eu tinha com a hospedagem para o WordPress, quase surtei… Odiei o Word Press, acho muito complicado. O blogspot e o blog gratuito q eles davam antes são muito mais fáceis de lidar, de deletar spam… boa sorte deletando spam, vc vai precisar! bjs.
há 7 horas · Curtir (desfazer) · 1

 

Vera Rodrigues-Rath Iridê, o legal do WordPress são as mil possibilidades que você tem.. o meu blogg migrou de um formato atípico, alemão, para o formato wordpress… eu antes pagava, depois eles não aceitavam mais pagamento, enfim… e tenho domínios próprios. O que eu fiz foi transferir todo o conteúdo de um blogg de 217 páginas para outro wordpress. A importação de textos foi mais fácil do que eu pensava, através do arquivo XML… mas as fotos… elas continuaram linkadas para o domínio já deletado. Eu mandei por FTP todas as fotos… só que o HTML continuava linkando para o antigo espaço (URL)… enfim… estou usando editor de textos para localizar e substituir dentro da página em html, mas… no blogg preciso trabalhar página por página. O blog tem cerca de 16.000 comentários, pasme… mas é isto mesmo. Sempre foi um blog onde as pessoas participavam muito, e lá está a nossa história desde 2004… beijos! (vou copiar este texto no meu blogg, não quero deixar informações aqui no facebook não… machs gut!!!
há 7 horas · Curtir · 1

 

Fábio De Nittis Oi, Verinha. Que ótimo que você voltou com o blog. Gostava muito de interagir por lá. Estava vendo as fotos de neve, lindas!! Meu blog está bem parado, teve só dois posts este ano, mas devo retomá-los nos próximos dias. Beijos
há 7 horas · Curtir (desfazer) · 1

 

Vera Rodrigues-Rath Eu estou tendo muito trabalho, mas muito mesmo, fábio, em linkar todos de 217 páginas que foram escritas em quase 9 anos… e o spam… haviam 800 comentários bloqueados, estou tendo que verificar um a um… as fotos não sei como fazer, queria integrar com facebook e flickr… mas não postar mais aqui. Isto aqui pra mim já me cansou demais… beijos!!!
há 7 horas · Curtir · 1

 

Fábio De Nittis Nossa, imagino o trabalhão que está dando mesmo. Acho que serão dias e dias até organizar tudo. Mas ainda bem que está ficando tudo num site só!
há 2 minutos · Curtir (desfazer) · 1

 

Vera Rodrigues-Rath Fábio, não é um site só não… tenh muitos outros… ahahahah… este é um único blog que eu tenho… mas tenho dentre uns 12 e 15, nem sei quantos, blogs e sites… 3 domínios até agora, com direito a oito… o que eu quero é sair do facekut… aliás, não quero gastar minha energia postando aqui… ahahahah… vou copiar e colar os comments todos lá…
alguns segundos atrás · Curtir

Well… voltando à vaca fria, estou curtindo esta minha nova fase… e tenho tido uns insights bárbaros sobre a vida, a morte e minha finitude, que vou postar aqui em breve.

É muito tarde hoje, se eu tivesse bom senso, já estaria pensando em dormir, mas ocorre que eu não sou portadora deste tal comedimento… hahahaha 

A propósito, quando inseri este emoticon, foi-me perguntado se queria usar como imagem destacada… putz, o que é isto? Vou então inserir aqui uma imagem e dizer que quero „destacada“ pra ver como fica!!! Peraí… talvez num próximo post??? Vou ver!!!