Archiv für den Monat: Dezember 2005

26 DEZEMBER, STEFANSTAG – 26 DE DEZEMBRO, DIA DO ESTEVÃO – 26 DECEMBER, STEPHEN’S DAY… STEFANINHO, MEIN LIEBLING… TODOS OS DIAS SÃO OS SEUS DIAS!!!

Amigos, hoje, além de Natal aqui na Alemanha e outros países europeus, é o dia de „Stefan“. Super atrasada com as rotinas de casa, gostaria que este dia não passasse em brancas nuvens, então vou ver o que posso colocar aqui… (vou usar algumas imagens do arquivo do blogg.de)

CURIOSIDADE

STEFAN: Adaptação para o russo de STEPAN, originário de Stephen. Significa „o rei“. A primeira citação de STEPAN é no século 12, já a primeira citação de STEFAN foi em 1440 (Stefan Arystovich – Embaixador de Pskov). É originário do grego e o equivalente em português é ESTEVÃO. Santo Estevão é o protomártir do Cristianismo, festejado a 26 de dezembro.

 


an mein liebling Stefaninho


Jeden Tag liebe ich Dich mehr... A cada dia eu te amo mais... Each day I love you more!

Diese Karte war sooooooo lieblich! Es hat mir so gefällt!!!

ICH LIEBE DICH GANZ VIEL!!!!!!!

1 MILLIARDE KÜSSE, 2 MILLIARDE KÜSSE, 3 MILLIARDE KÜSSE AD INFINITUM!!!

Deine Kleine, so Kleine Verinha

 

Tentei reproduzir aqui um cartãozinho meu enviado a Stefan como resposta a um seu, e que ele carinhosamente salvara em seu computador com o nome de Verininha1.doc em 08.02.2005. Meu alemão naquela época era mais rudimentar que agora…


ENQUETE DA VERINHA, VERINHA’S SURVEY, VERINHAS UMFRAGE

Se você deixasse o Brasil para residir na Alemanha em função de um grande amor, e um dia ele viesse a faltar, qual seria sua decisão?

If you would leave Brazil to live in Germany, because of a great love, and a day, he would not more stay between us…, what would be your decision?

1) Voltaria para o Brasil onde tenho minha família e amigos.
I would come back to Brasil, where I have my family and friends

27,94% (88 votos)

2) Permaneceria na Alemanha e tentaria construir uma nova vida aqui.
I would stay in Germany to try to reconstruct a new life here

20,63% (65 votos)

3) Deixaria que o tempo me iluminasse a respeito da melhor opção.
I would wait till the time would give me an enlightenment (insight) about the best option

27,30% (86 votos)

4) Viveria parte do tempo em cada um dos países, mantendo residência em ambos.
I would live part of the time in each one of the two countries, and I would maintain residence in both.

13,02% (41 votos)

5) Sinceramente, eu não sei o que faria, não tenho a menor idéia.
Sincerely, I don’t know what I would do, I have no idea.

11,11% (35 votos)

Total: 315 votos

Stefan, my brother Dacio and I (with 16 kilos more). We were in a Biergarten, in Donauwoerth: May, 2003

The same place, only Stefan and Dacio, my brother.

Stefan in a Italien Pizzeria in São Paulo (Margherita), in our last travel together, August 2004.

Stefaninho at home, last year, in winter’s day.

Stefaninho waiting for me in our car, last Christmas, when I was taking photos of a very speciall house… a Christmas house

Stefaninho and I in Ibirapuera’s Park, last year – August 2004.

Stefan at home, he seems a gangster… smiling… He grimaces, like always.

Already in this year, 2005, in a very cold day, Stefan is coming home after taking our mail.

Our religious marriage in Plattling, 03.November.2001.

Last year, Stefaninho at home… I liked so much when he was wearing black T-shirts…

Poços de Caldas, a very nice Brazilian city, in Minas Gerais state. Photo taken in last year, 2004.

Nosso sonho, Poços de Caldas (foto batida à noite do apartamento de tia Ercilinha, em agosto de 2004)

Mamy Rath, Stefan’s mother… she lives also for ever in my heart.

Mamy Rath and „papy“… Herr Josef. Unfortunately I could not know him… He died in 1999, June, 19.

Stefaninho, just a little child…

Stefaninho, immer ein kleines kind…

Stefaninho in another travel do Brazil, 2003. It seems that he speaks with god in Santos, Monte Serrat.

„Die Menschheit lässt sich grob in zwei Gruppen einteilen – in katzenliebhaber und in vom leben benachteiligte.“

 

VAMOS DETONAR ESTE BLOGG, PESSOAL… DEPOIS VOCÊS SE VIREM COM OS COMENTÁRIOS… NÃO VAMOS DEIXAR NOSSO PAGERANK CAIR!!!

Alô, amigos!

Poderia estar a escrever no trivialidades, mas noto que nem todos aparecem por lá… e depois, um blogg pra ter status tem que ser atualizado, logo… vou tacar fotos aí, e vocês que arrumem um jeito de se encontrar nos comments… ahahahahah

Gente, estou rindo, mas depois de muito ter chorado estes dias. Esta véspera de Natal, este clima gelado e este klima de festas, tudo isto cutuca a ferida de quem perdeu, afinal… uma família.

Não foi só Stefaninho que perdi, mas também minha sogra, nosso mundo em Plattling… mas este é outro assunto, hoje não estou a fim de escrever ou filosofar, estou querendo postar umas fotos e como só a Sheilinha-mana, a Angela-do-cuore e a Helga freqüentam o TRIVIALIADADES… vou colocar hoje aqui, para todos verem, e o google não me dar uma cacetada na cabeça!

Ontem, dia 17 de dezembro de 2005, foi um dia muito importante, pois tivemos o primeiro encontro do pessoal do Blogg fora do Brasil. Aliás, foi um encontro verdadeiramente internacional: Sheilinha da Holanda (and family) e Angela aqui da Alemanha, perto de Düsseldorf (and family). Eu só não estive lá pois estou aqui nos cafundó da „baixa Alemanha“… ahahahahahah… quero dizer, Alemanha do sul, Baviera, afundada na neve… e na realidade por mazelas físicas ser-me-ía bem difícil, de qualquer forma, ter ido ontem… mas aguardamos fotos e fatos!

Por enquanto vou „tacar algumas fotos novas“ neste post improvisado, após ter recorrido ao IBUPROFEN, que me livrou da terrível dor que me acometia.

E estou muito, muito feliz, pois não terei nunca mais na vida que cuidar de coelhos, ESTOU LIVREEEEEEEEEE!!!!!!!!!!!!! DESTE MATO NÃO SAIU COELHOS, IIIIUUUPPPIIIII!!!!!!!

Acrestado a posteriori (Natais nos quais eu era feliz e não sabia…):

Comentários da Jornalista – Natal de 2002 em Plattling

Ainda o mesmo Natal / Ano Novo (continuação em outro artigo do link „Comentários da Jornalista)

AGORA VAMOS ÀS FOTOS!

Pimbolinha, Mimile de Stefan, dormindo sobre as roupas de mamy numa cadeira.

Pimbol, dormindo numa almofada numa poltrona da Wohnzimmer (sala de estar)

Foto batida da janela de minha cozinha na tarde de hoje, após as 16 horas. Eu só percebi que ainda nevava ligeiramente ao capturar as fotos (hoje não parara de nevar o dia todo)…

Nossa entrada de casa hoje – aquela área destinada aos carros, antes da garagem.

Novamente a casa da vizinha com sua árvore de Natal… nevava ligeiramente, dá para ver os floquinhos, como em outras fotos…

Monika saindo ao cair da tarde… dá para ver o seu carro em ré, com um pouco de esforço…

hum… nada a ver… uma janela interna que interliga a cozinha à sala de estar, que Stefan fechou para que os gatinhos não pulassem… mas através dela dá para ver a TV da sala da cozinha.

Luvas de mamy Rath… além das maravilhosas luvas que ganhei de Angela, tenho estas de mamy Rath que são bem quentinhas… que material é este?

DE VOLTA NO TEMPO… FELIZ ANO DE 2004…

Stefaninho no dia em que chegou o nosso MAZDA3!

A mesma foto, aproximando o rosto de Stefaninho.

Completamente fora de contexto, minha prima Bebel, eu, o meu sobrinho Henrique Antônio, Ramon e Stefaninho se divertindo com minha cara de paiáça.

Bem, gente… cansei. Estou exausta e o Ibuprofen já faz os seus efeitos… queria dormir por um mês, por três meses… Até o inverno passar…

Beijos!!!

Verinha Rath.

…UND… ICH BIN IMMER WIEDER… KAPUTT!!!!!!!!!!

META DE VERINHA PARA 2006: RECUPERAR MINHA IDENTIDADE PERDIDA, MEUS VALORES PRÓPRIOS, RESGATAR A CRIATURA ANTI-ESTABLISHMENT QUE SEMPRE FUI. NÃO ENGOLIR MAIS SAPOS E ROSNAR PARA AQUELES QUE QUISEREM ME ENQUADRAR… GGGRRRR…. PERNACHIA!!!

Amigos… confesso que não gosto de editar posts… pois quando escrevo aqui não estou participando da ala geral, não estou nos comments, no nosso espaço, junto com vocês!

Eu acho que este lance de traçar metas para o ano novo é uma grande bobagem (pelo menos na minha óptica). Por que não estabelecermos pequenos objetivos para cada dia de nossas vidas?… Em todo o caso, coloquei no título algo que vai de encontro a isto…

Quando de minha viagem ao Brasil eu pedi a vocês que sempre me lembrassem de minha brasilidade, ou seja, de minhas raízes nesta maravilha de país chamado Brasil, caótico, burocrático, mas que tem um povo que talvez não se encontre igual em outra parte do mundo. Existe violência, sim, miséria, criminalidade, mas acima de tudo CALOR HUMANO e o brasileiro por natureza ou cultura é um povo que sabe sorrir nas piores situações. É uma gente relax, descontraída, comunicativa…

Não importa em que país eu me fixe, talvez eu até opte por ambos, não sei ainda… mas em QUALQUER LUGAR onde venha a me estabelecer definitiva ou provisoriamente, eu haverei de brigar com unhas e dentes para a manutenção de minha essência anárquica, rebelde, e não simplesmente abaixar a cabeça como um cordeirinho para os nativos de um país só porque eu não possuo perfeito domínio da língua (como costumo dizer, tenho o chip alemão nanico).

Ninguém vai me ditar regras de como tenho que me comportar ou não. Nenhum alemão, brasileiro, japonês, inglês, ninguém neste mundo haverá de distorcer a essência de meu ser para que eu venha a ser agradável, simpática e benquista. Que goste de mim quem quiser, aqueles que não estiverem satisfeitos…

PERNACHIA!!!

 


E… por Stefaninho… farei o possível e impossível para compreender o mecanismo de culpa que tanto me tortura, e que tenho certeza absoluta de que ele jamais desejaria para mim… esteja onde estiver, ele não gostaria de me ver culpada pelas coisas que fiz ou não fiz, pelos meus momentos de nervosismo ou o que quer que seja. Tudo o que ele desejaria, eu sei muito bem, seria ver a sua Verinha novamente sorrindo… e permitam as forças universais que eu consiga.

Vão aí algumas fotos, preciso escanear várias de Stefan que estão espalhadas pela casa e não sei onde…

Pela enésima vez, eu publico a foto em que abraço Stefaninho no Shopping Paulista, São Paulo, no encontro do Blogg de 15 de agosto de 2004. Desta vez dei um close maior.

Stefaninho, em nossa cozinha, fazendo careta, no dia 29.01.2004, se eu não errei na data.

A mesma foto, aproximando um pouco. Ele bebe uma cerveja sem álcool (alkoholfreie Bier)

Um… melhorou um cadinho… sorrindo. Servidos?

Para quem sempre quis ver meu Stefaninho sem barba, uma surpresinha inédita: uma foto sua durante o serviço militar, com 19 anos de idade.

 

BACK TO THIS YEAR…

 

Vitalia – Reformhaus. Trata-se do supermercado de produtos naturais a 9 minutos de casa, perto da DM-Drogerie e do Aldi.

Entrada do Aldi. A minha casa no bairro de Riedlingen fica pra trás daquele caminhão amarelão.

O Aldi, numa hora de pouco movimento. Normalmente ele é bem cheio.

A DM-Drogerie, um lugar onde você relaxa um pouco, mil produtos de beleza bons e baratos, artigos Tchibo, comidinha para Pimbols e muito, muito mais… A propaganda é algo como: „DM – aqui você é gente“. Do lado tem uma loja de bebidas, mas o Helmut compra para mim em outro local.

Bem… teria mil outros assuntos pra tratar, mas deixo pros comments ou pra outra hora… Talvez eu devesse separar fotos de texto… pois aqui eu me preocupo com as fotos e no final não sobra mais energia pros textos…

ah, cansei…

Beijos mil!!!

Verinha – immer noch von Stefaninho. ICH LIEBE DICH, MEIN STEFANINHO!!!


Informações para o Google: Vera und Stefan Rath, Rath, Stefan, Vera Rath, verinha, Verinha Rath, Vera Rodrigues-Rath.

PEQUENAS DESCOBERTAS QUE FAZEM A DIFERENÇA – POR QUE NÃO PODEMOS MUDAR NOSSOS VELHOS PARADIGMAS?

Amigos, novamente volto a editar uma Eintrag no nosso espaço. Depois de ter criado o TRIVIALIDADES, além de conservar o blog MEUS BOTÕES, está na hora de escrever alguma coisa aqui…

 

UMA GRANDE DESCOBERTA, IMPORTANTÍSSIMA: O ÔNIBUS DE DONAUWOERTH EXISTE SIM, E É PONTUALÍSSIMO!

Foto do ponto de ônibus a 4 minutos de minha casa, cuja tabela ninguém conhecia e demorei entre 2 e 3 horas para decifrar, até que… EUREKA!!! Descobri a América!!!

E lá vem ele, O GRANDE ÔNIBUS, salvador daqueles que não são detentores de automóveis ou que o são, mas que não possuem autorização para dirigí-los por não possuírem carta de motorista (meu caso…)… OK, as fotos foram tiradas a long time ago, no verão, mas estes fantásticos meios de transporte funcionam também no inverno!!!

 

Tabela do ônibus de Donauwoerth, linha 107, minha grande descoberta. Para verem a tabela ampliada, cliquem na imagem!

E nesta página vocês encontrarão a tabela original do formato PDF. Cliquem sobre „107 Stadtbus Donauwörth„… OK, mas pensando bem… pra que interessaria a vocês???

O ônibus oferece uma vantagem sobre os táxis: é mais barato. E depois, você sem precisa chamar, é só estar na hora certa no ponto e ele passa!!! Pontualíssimo, sempre vazio, com bastante espaço pra você entrar inclusive carregada de sacolas e com a mochila cheia!!!

OK, perdeu a hora?… Ou espere mais 50 a 60 minutos num local fechado o próximo, ou então… use o celular e chame seu táxi!!!

LEVANTAMENTO PARCIAL DE MINHA ENQUETE, AGORA COM 290 VOTOS (14/12/2005)

1) Voltaria para o Brasil…

27,59% (80 votos)

2) Permaneceria na Alemanha…

20,69% (60 votos)

3) Deixaria que o tempo me iluminasse…

27,59% (80 votos)

4) Viveria parte do tempo em cada um dos países…

13,10% (38 votos)

5) Sinceramente, eu não sei o que faria…

11,03% (32 votos)

Total: 290 votos


NOVA SUB-APURAÇÃO DE MINHA ENQUETE, AGORA COM 272 VOTOS… HOUVE UMA LIGEIRA MUDANÇA DE TENDÊNCIA… CONTEMPORIZAR NA FRENTE DA OPÇÃO „VOLTAR AO BRASIL“

Se você deixasse o Brasil para residir na Alemanha em função de um grande amor, e um dia ele viesse a faltar, qual seria sua decisão?

1) Voltaria para o Brasil onde tenho minha família e amigos.

27,57% (75 votos)

2) Permaneceria na Alemanha e tentaria construir uma nova vida aqui.

20,22% (55 votos)

3) Deixaria que o tempo me iluminasse a respeito da melhor opção.

29,04% (79 votos)

4) Viveria parte do tempo em cada um dos países, mantendo residência em ambos.

12,13% (33 votos)

5) Sinceramente, eu não sei o que faria, não tenho a menor idéia.

11,03% (30 votos)

Total: 272 votos

 

O FREEZER PODE GUARDAR PRODUTOS PERECÍVEIS: WURST, PARMESÃO RALADO, UM MONTE DE COISAS E ATÉ PÃO PARA TOAST!!! ISTO SIGNIFICA A POSSIBILIDADE DE HIBERNAR MESMO!!! APRENDI COM VOCÊS, AMIGOS DO BLOGG!!!

Nesta foto meus perecíveis prediletos: pão para toast, margarina diet, Danoninho aquele que vale por um bifinho (não é Yoghurt…), dois tipos de peito de peru e parmesão ralado – só da marca GRANA PADANO!!!psiu, na foto do Danoninho existem dois potinhos vazios. OK, eu queria fotografar e já tinha dado cabo de dois… 😉

Pois é, gente… a panaca aqui não sabia que era possível guardar pães, queijos e que tais em freezers!!! E por isto eu só comprava uma quantidade mínima, o que me obrigava a ir mais vezes ao supermercado… mas graças a vocês EU ME LIBERTEI!!! MUITO OBRIGADA, DE CORAÇÃO!!!

Hoje mesmo já reativei o freezer no Keller para minhas próximas compras – a pé, de ônibus ou mesmo… de táxi. Oras bolas, não sou pão dura como algumas pessoas aqui da região… algumas?… Eufemismo!!!… ahahahahahah

Quanto aprendi até hoje com vocês, até consegui limpar meu chuveiro que estava espirrando água por somente 5 buraquinhos, pois a pedro bó não sabia que tinha que afogá-lo no vinagre!!! Precisa afogar o chuveiro no vinagre, gente, daí desentope tudo e hoje tomo um banho de Hollywood com uns 30 a 40 buraquinhos jorrando… o ouro daqui, a ÁGUA!!!

 

HOMENAGEM DO DIA A STEFANINHO… UMA FOTO DE NOSSA CASINHA DETONADA NA ÚLTIMA VIAGEM DE MEU AMOR AO BRASIL, EM 2004.

Stefaninho em agosto de 2004, todo feliz em nossa casinha favelática (cozinha kaputte)… mas bastava ser Brasil para que o meu liebling abrisse aquele sorriso e se sentisse à vontade!!!

Mesma foto, aproximei para que vocês possam ver a expressão de contentamento de meu amado Stefaninho…

Bem, mixou o carbureto… acabou o assunto pra post… preciso checar o meu
www.orkut.com
pra ver se tem alguma nova mensagem lá… risos…

Melhor rir do que chorar, não é mesmo?

E a frase do dia do meu Orkut de ontem me fez parar pra pensar… sério…


VERINHA, VOCÊ NUNCA VACILA AO ENFRENTAR OS PROBLEMAS MAIS DIFÍCEIS. NÃO SE ESQUEÇA DISTO, JAMAIS…

Beijos mil,

Verinha Rodrigues-Rath – immer noch mit Stefaninho dabei.